Grupo Desportivo e Cultural

Atuais e Antigos Alunos  de Guilhabreu

sb4

Fundado em: 02 / 09 / 1993

Legalizado em: 12 / 09 / 1994

Em actividade desde: 01 / 10 / 1989

« Instituição sem fins lucrativos »

« Clube dinâmico e mobilizador impôs o seu nome a nível Nacional na modalidade de Ténis de Mesa. Nasceu pela imposição de um grupo de atletas de 9 anos de idade. Visto que a Cultura também faz parte integrante do mesmo, surgiu mais tarde o Folclore Infantil e a publicação de uma Revista de carácter periódico. A principal razão da sua existência é a juventude para quem não há idades ».

Adoptando o Ténis de Mesa como modalidade rainha, o Clube conheceu logo, através dos seus fundadores, êxitos atrás de êxitos.

As cinco edições do torneio “RAQUETA de PRATA” movimentaram mais de dois mil atletas. Guilhabreu recebeu o Ténis de Mesa de forma entusiástica, tendo como motor as Escolas do 1º ciclo do Ensino Básico. A evolução foi uma constante e de grupo amante do Ténis de Mesa a clube da Associação de Ténis de Mesa do Porto e da Federação Portuguesa de Ténis de Mesa foi um passo.

Aqui começa a verdadeira evolução do Clube em termos competitivos. Hoje, com os mesmos objectivos e com provas dadas é um Clube respeitado a nível Nacional.

O Torneio CIDADE DE VILA DO CONDE é a prova máxima organizada pelo Clube, fazendo parte do calendário da Federação Portuguesa de Ténis de Mesa.

A secção cultural do Clube é formada por um Rancho Folclórico Infantil e pela publicação de uma revista.

O Clube apostou desde a primeira hora em parcerias ( Escolas de Guilhabreu, Junta de Freguesia de Guilhabreu e Câmara Municipal de Vila do Conde ) que são fundamentais para o seu desenvolvimento. É dentro deste quadro que o Clube se desenvolve.

Continuamos a acreditar neste projecto e seria injusto da nossa parte se passado mais de uma década não fizéssemos uma retrospectiva pelos atletas do Clube.

Aqui fica um público agradecimento a todos aqueles que de forma abnegada mas empenhada não figuram na revista do Clube, não por falta de valor ou dedicação mas sim por falta de espaço.

A revista do Clube continuará ano após ano, trazendo à memória colectiva todos aqueles que foram ou são a força dos A.A.Alunos de Guilhabreu.

Eis os principais resultados de toda uma actividade que marcou e continua a marcar a vida de muitos jovens que ergueram e erguem bem alto o nome de GUILHABREU e VILA DO CONDE.

 

Sobre clube

g1
g2